×
Rádio Sincomércio
          Início          Notícias          Federação e Sincomercio lançam Logística Reversa e Convidam comerciantes a aderirem o projeto

NOTÍCIAS

Publicação: 29 de setembro de 2017

Federação e Sincomercio lançam Logística Reversa e Convidam comerciantes a aderirem o projeto



Federação e Sincomercio lançam Logística Reversa e Convidam comerciantes a aderirem o projeto

Programa incentiva a cidadania e o respeito ao Meio Ambiente

Com a Política de Resíduos Sólidos (Lei nº 12.305/2010), a Resolução 045/2015 da Secretaria de Meio Ambiente do Estado de São Paulo – SMA e a Resolução CONAMA 401/2008, é necessário que os estabelecimentos comerciais se adequem às normas de coleta de pilhas e baterias portáteis pós-consumo, entregues pelos consumidores.

Assim, visando atender ao que determina a legislação, e sobretudo, apoiar o desenvolvimento de uma sociedade mais consciente e informada sobre as questões ambientais, o Sindicato do Comércio Varejista de Catanduva – Sincomercio e a FecomercioSP criaram um canal de comunicação para o empresário, com orientações e dicas para ficar em dia com a lei.

Na noite de quinta-feira (28) o Sincomercio realizou o lançamento do programa, com a presença de diretores, membros do Conselho da Mulher Empresária e grande parte da imprensa local.

O presidente do Sincomercio, Ivo Pinfildi Júnior salienta que tanto para os comerciantes que aderirem ao programa, quanto para os consumidores que encaminharem as pilhas e baterias nos pontos de coleta, se trata de cidadania e respeito ao Meio Ambiente.
“Vivemos um mundo cada vez mais individualista onde os cidadãos não têm certa resistência para adotar práticas que beneficiem o bem coletivo. O programa Logística Reversa incentiva o respeito ao Meio Ambiente e a reciclagem, por isso é muito importante a ajuda e envolvimento de toda a população”, analisa Ivo Pinfildi Júnior.

O Sincomercio é ponto de entrega secundário, onde o comerciante poderá encaminhar as pilhas e baterias portáteis coletadas em seu estabelecimento. Elas serão descartadas de forma ambientalmente correta pelos fabricantes e importadores.

As cartilhas estão também disponíveis em http://www.fecomercio.com.br/projeto-especial/logistica-reversa/pilhas-e-baterias-portateis

LOGÍSTICA REVERSA

A Resolução Conama 401/2008 obriga os estabelecimentos de todo o País que comercializam pilhas e baterias portáteis a receber dos consumidores esses produtos pós-consumo e encaminhá-los para a destinação ambientalmente adequada, de responsabilidade do fabricante ou importador. Tal responsabilidade foi reforçada pela Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), Lei nº 12.305/2010, e pela Resolução 045/2015 da Secretaria do Meio Ambiente do Estado de São Paulo (SMA).

No dia 21/12/2016, foi celebrado um novo Termo de Compromisso de Pilhas e Baterias Portáteis, com vigência de quatro anos, a fim de ampliar o sistema de Logística Reversade pilhas e baterias portáteis pós-consumo no Estado de São Paulo. Para cumprir as determinações legais e auxiliar a manter o equilíbrio ambiental, basta aderir ao Termo de Compromisso por meio do formulário disponível aqui e colocar em prática as instruções para se tornar um ponto de entrega do Sistema de Logística Reversa de Pilhas e Baterias Portáteis pós-consumo.

IMPACTOS AMBIENTAIS
O consumidor não pode descartar as pilhas e baterias portáteis pós-consumo no lixo doméstico, mesmo quando este é coletado pelo serviço público de limpeza urbana e disposto em aterros adequados, porque as pilhas e baterias portáteis vencidas ou usadas, chamadas de pós-consumo, são consideradas resíduos perigosos e podem apresentar riscos à saúde humana e ao meio ambiente em caso de fabricação e descarte inadequados. Os possíveis impactos ambientais derivados de pilhas e baterias portáteis pós-consumo descartadas incorretamente são: contaminação de solo, lençóis freáticos e cursos d’água, o que atinge, consequentemente, os ecossistemas e toda a sociedade.

Por isso, a Resolução Conama 401/2008 estabeleceu os limites máximos de metais que podem ser utilizados na composição das pilhas e baterias portáteis comercializadas no território nacional, além de recomendar que todas as pilhas e baterias portáteis sejam descartadas em locais adequados para prevenir os possíveis impactos negativos e estimular a recuperação de recursos naturais por meio da reciclagem desses resíduos. As pilhas e baterias portáteis pós-consumo devem ser mantidas em sacos plásticos ou embalagens plásticas, a fim de evitar vazamento ou exposição à umidade. Essa recomendação deve ser seguida também no transporte até o ponto de entrega.

É possível reciclar quase a totalidade dos materiais contidos nas pilhas e baterias portáteis. Assim, qualquer outra forma de destinação final, que não seja a reciclagem, é inadequada e representa grande perda de recursos econômicos, naturais e energéticos.

SERVIÇOS

Sincomercio Catanduva – Avenida Benedito Zancaner, 720 – Jardim do Lago.

Informações: 17 3531-5900. Site: www.sincomerciocatanduva.org.br Curta nossa página: @sincomerciocatanduva.

Leia também:

22 de novembro de 2023
Sincomercio e Sincomerciários assinam Convenção Coletiva de Trabalho 2023/2024
21 de novembro de 2023
Horário Especial para Black Friday
7 de novembro de 2023
6º Café Empresarial do Sincomercio: Um Sucesso de Interação
31 de outubro de 2023
Sincomercio solicita ao Prefeito liberação de vagas de estacionamento no Centro da cidade.
27 de outubro de 2023
Curso de Vitrinismo foi Sucesso!

AINDA NÃO É ASSOCIADO?

Seja um associado e faça parte deste grupo de empresários com acesso a diversas vantagens e serviços diferenciados.

Criado por BCS Desenvolvimento
Top